Biblioteca de Ciências, Tecnologias e Sociedades

(sempre em andamento)

alguns textos:

DELEUZE, Gilles. “Post-Scriptum sobre as sociedades de controle”. Conversações 1972-1990. RJ: Ed. 34, 1992, pp. 219-226.

DELEUZE, Gilles. Post-scriptum sobre as sociedades de controle

DOMINGUES, Diana (org.) Arte, ciência e tecnologia. São Paulo: Unesp, 2009.

ArteCienciaTecnologia

“Da produção de subjetividade”, [um capítulo extraído de: GUATTARI, Félix. Caosmose; um novo paradigma estético. São Paulo: Editora 34, 1992. p. 11- 44], disponível com o link de As três ecologias no post antigo:

https://cienciastecnologiassociedades.wordpress.com/2011/11/17/as-tres-ecologias-felix-guattari/

«A Sociedade em Rede: do Conhecimento à Política» [ Manuel Castells, livro virtual de mesmo nome, de vários autores contemporâneos, com 439 páginas]

sociedade-em-rede-manuel-castells-gustavo-cardoso-org

 “A cultura e a análise cultural como sistemas experimentais” e “Quatro genealogias culturais (ou testes genealógicos de haplótipos) para uma antropologia recombinante da ciência e da tecnologia” (dois primeiros capítulos) Michael Fischer: Futuros antropológicos: redefinindo a cultura na era tecnológica. Rio de Janeiro: Zahar, 2010.

Futuros Antropológicos capitulo 1

Futuros Antropológicos capitulo 2

PÓS-HUMANO – POR QUE?, artigo de Lucia Santaella, REVISTA USP, São Paulo, n.74, p. 126-137, junho/agosto 2007

Pós-humano – por que?

DEMASIADAMENTE PÓSHUMANO. Entrevista com Laymert Garcia dos Santos (UNICAMP): NOVOS ESTUDOS, n o 72, JULHO 2005

Demasiadamente Pós-Humano

resumo:

Pós Humano – Lucia Santaella )

HARAWAY, Donna, et.al. Antropologia do Ciborgue. As vertigens do pós-humano. Belo Horizonte: Autêntica, 2009.

HARDING, Sandra. “Gênero, democracia e filosofia da ciência”. RECIIS – R. Eletr. de Com. Inf. Inov. Saúde. Rio de Janeiro, v.1, n.1, p.163-168, jan.-jun., 2007.

SANTOS, Andrea Paula dos. Corporeidades, oralidades e discursos de memórias frente às tecnologias de informação e comunicação. In: Oralidades – Revista de História Oral, jul-dez/2011 – nº 10, pp. 33-51.

artigo corporeidades oralidades Andrea Paula dos Santos

Sobre os significados de ciência e tecnologia, seus usos e discursos na sociedade e os processos de produção de conhecimento:

BOURDIEU, Pierre. Os usos sociais da ciência. Por uma sociologia clínica do campo científico. São Paulo: Ed. Unesp, 2004.

https://cienciastecnologiassociedades.files.wordpress.com/2011/10/pierre_bourdieu_-_os_usos_sociais_da_cic3aancia.pdf

DELEUZE, Gilles. Conversações. São Paulo: Ed. 34, 1992.

DERRIDA, Jacques & BENNINGTON, Geoffrey. Jacques Derrida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1996.

DERRIDA, Jacques & ROUDINESCO, Elisabeth. De que amanhã… Diálogo. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2004.

DOMINGUES, Diana (org.) A arte no século XXI: a humanização das tecnologias. São Paulo: Unesp, 1997.

DOMINGUES, Diana (org.) Arte, ciência e tecnologia: passado, presente e desafios. São Paulo: Unesp, 2009.

DOMINGUES, Diana (org.) Arte e vida no século XXI: tecnologia, ciência e criatividade. São Paulo: Unesp, 2003.

DUSEK, Val. Filosofia da tecnologia. São Paulo: Ed. Loyola, 2009.

FISCHER, Michael. Futuros antropológicos. Redefinindo a cultura na era tecnológica. Rio de Janeiro: Zahar, 2011.

FOUCAULT, Michel. As palavras e as coisas. São Paulo: Martins Fontes, 2002.

FOUCAULT, Michel. A ordem do discurso. (L’Ordre du discours, Leçon inaugurale ao Collège de France prononcée le 2 décembre 1970, Éditions Gallimard, Paris, 1971.)
Tradução de Edmundo Cordeiro com a ajuda para a parte inicial do António Bento

A ordem do discurso

FOUCAULT, Michel. A arqueologia do saber. 7a. ed., Lisboa: Forense, 2008.

HOBSBAWN, Eric. A era dos extremos. 10a. ed., São Paulo: Cia das Letras, 2008.

KUHN, Thomas. A estrutura das revoluções científicas. 10a ed., São Paulo: Perspectiva, 2010.

LATOUR, Bruno. Jamais fomos modernos. São Paulo: Ed. 34, 2009.

MORIN, Edgard. Ciência com consciência. 8a. ed., Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2005.

Fragmentos – MORIN, E. Ciencia com consciencia.

MORIN, Edgar. A religação dos saberes. O desafio do século XXI. 6a. ed., Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2001.

PERRONE-MOISÉS, Leyla. Do positivismo à desconstrução. Idéias francesas nas Américas. São Paulo: Edusp, 2004.

SANTOS, Boaventura de Souza. Introdução a uma ciência pós-moderna. 4a. ed., Rio de Janeiro: Graal, 2003. Disponível em:

http://www.boaventuradesousasantos.pt/pages/pt/livros/introducao-a-uma-ciencia-pos-moderna.php

SANTOS, Boaventura de Souza. Um discurso sobre as ciências na transição para uma ciência pós-moderna.

SANTOS, Boaventura de Souza. Um discurso sobre as ciências. 5a. ed., São Paulo: Cortez, 2008.

SANTOS, Boaventura de Souza. A ciência e o risco social . Visão, 2001.

Textos variados sobre a área de CTS disponíveis na web:

ARAÚJO, Ronaldo Ferreira. Os grupos de pesquisa em Ciência, Tecnologia e Sociedade no Brasil

LINSINGEN, Irlan von. Perspectiva educacional CTS

NOVAES, Henrique T. Uma outra universidade é possível e necessária

DAGNINO, Renato. As Trajetórias dos Estudos sobre Ciência, Tecnologia e Sociedade e da Política Científica e Tecnológica na Ibero-América

Textos levantados e disponibilizados para a disciplina CTS na UFABC pelos professores que já trabalharam com a mesma:

Referências bibliográficas tradicionais da área de CTS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s